topo
Início da Busca
Campo de busca
Fim da Busca
Início do contéudo da página

Todas as operadoras de planos de saúde devem disponibilizar, em seus portais na internet, uma área exclusiva que reunirá informações individualizadas do beneficiário de plano de saúde e uma área destinada às empresas contratantes de planos coletivos. As informações destinadas aos consumidores contemplam os dados cadastrais do usuário e o histórico completo de utilização do plano, com o registro das consultas, exames e internações realizados. Isso ficará agrupado no Portal de Informações do Beneficiário da Saúde Suplementar (PIN-SS), área com acesso restrito, que só poderá ser visualizada com o uso de login e senha. Já as empresas passarão a ter acesso a informações antecipadas sobre o cálculo do reajuste a ser aplicado pelas operadoras nos contratos coletivos empresariais e por adesão.


O que o portal da minha operadora precisa ter?

  1. Nome do beneficiário
  2. Data de nascimento do beneficiário
  3. Número do Cartão Nacional de Saúde (CNS) do beneficiário
  4. Número da matrícula do beneficiário no plano privado de assistência à saúde
  5. Código do registro da operadora na ANS
  6. Razão social e nome fantasia da operadora
  7. Razão social e nome fantasia da administradora de benefícios, quando houver
  8. Razão social e nome fantasia da pessoa jurídica contratante quando o plano for coletivo por adesão ou empresarial
  9. Número do registro do plano de saúde na ANS
  10. Nome do plano de saúde
  11. Número do contrato/apólice
  12. Informação sobre o tipo de contratação do plano de saúde
  13. Informação sobre a regulamentação do plano (Plano Regulamentado – celebrado após 1º de janeiro de 1999; Plano Não-regulamentado – celebrado até 1º de janeiro de 1999;
    ou Plano Adaptado – celebrado até 1º de janeiro de 1999 e adaptados às regras da Lei nº 9.656, de 1998)
  14. Data da contratação do plano de saúde
  15. Data do início da cobertura contratual do beneficiário no plano privado de assistência à saúde
  16. Prazo máximo previsto no contrato para carências, de acordo com a classificação abaixo:
    • Carência para procedimentos ambulatoriais
    • Carência para procedimentos hospitalares
    • Carência para o procedimento de parto a termo
    • Carência para procedimentos odontológicos
  17. Data de término da Cobertura Parcial Temporária (CPT), quando houver
  18. Segmentação assistencial do plano de saúde
  19. Padrão de acomodação do plano de saúde
  20. Área de abrangência geográfica do plano de saúde contratado
  21. Dados do Serviço de Atendimento ao Cliente da operadora
  22. Informação de contato com a Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS
    (Disque ANS / endereço eletrônico / Núcleo)
  1. Login e senha de acesso para a pessoa jurídica contratante.
  2. Demonstração de Memória de Cálculo
  3. Critério Técnico
  4. Contato de atendimento da operadora.

info 01 conheca novas regras ajustada


Compartilhe:

 
Fim do contéudo da página
Início do rodapé
ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
ANS no Likedin
RSS
Acesso à Informação
Marca do Governo Federal
Fim do rodapé

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar - Av. Augusto Severo, 84 - Glória Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040

Ir para o topo da página