topo
Início da Busca
Campo de busca
Fim da Busca
Menu Início do menu Principal Fim do menu Principal
Início do contéudo da página

Registro de Produto

Conceito

Registro concedido pela ANS aos planos privados de assistência à saúde que atendam às exigências estabelecidas por disposição legal especifica, a ser comercializado ou disponibilizado pelas operadoras registradas na ANS.


Especificidades

O procedimento de Registro da Operadora por si só não a autoriza a iniciar suas atividades de comercialização ou disponibilização de produtos, mas é uma premissa para o ingresso de uma solicitação de Registro de Produto.

A Autorização de Funcionamento da operadora será concedida mediante a concessão de ao menos um Registro de Produto.

É importante destacar que nenhum registro de plano será concedido sem que a operadora já tenha registrado, na mesma modalidade de contratação, um plano referência como definido no art. 10 da Lei n.º 9.656/98, quando obrigatório seu oferecimento. O plano referência deverá estar ativo.

As operadoras odontológicas deverão possuir um plano registrado com formação de preço preestabelecido para que possam obter o registro de um plano com formação de preço misto. O plano preestabelecido deverá estar ativo.


Pré-Requisitos para Solicitação de Registro de Produto

Para solicitar eletronicamente o registro de produto, a operadora deverá:

Passo-a-passo

1

Providenciar solicitação de registro eletrônico.

  • Obter a última versão do Aplicativo RPS;
  • Cadastrar os dados do produto e preencher as informações solicitadas, conforme Manual do RPS;
  • Cadastrar o protocolo de incorporação da Nota Técnica de Registro de Produtos (NTRP);
  • Cadastrar o número do documento de pagamento da Taxa de Registro de Produto (TRP);
  • Informar a rede de prestadores de serviços. Todos os prestadores da rede assistencial da operadora, inclusive os não hospitalares e os contratualizados de forma indireta, devem ser informados no Cadastro de Estabelecimentos de Saúde do aplicativo RPS. Apenas os prestadores hospitalares e os que disponibilizam serviço de urgência e emergência deverão ser vinculados aos produtos.

  •  

    Enviar para a ANS a solicitação eletrônica de registro de produto;
  • Verificar se os dados foram incorporados com sucesso em Comprovante de incorporação de dados;
  • Imprimir o comprovante de incorporação de dados em Comprovante de incorporação de dados.

2

Encaminhar à ANS a documentação para Registro de Produto contendo:

3

Acompanhar a solicitação de registro:

  • Somente após a conclusão das duas etapas (registro eletrônico e solicitação formal), iniciará o processo para concessão do registro de produto.
  • O registro será concedido eletronicamente. A operadora pode acompanhar as etapas do registro em Acompanhamento de solicitações.
Importante:
• As solicitações incompletas serão devolvidas às operadoras.
• A solicitação formal do registro de produtos deverá possibilitar a identificação da sua respectiva solicitação eletrônica de registro. Caso contrário a solicitação forma será devolvida à operadora.
• Não serão concedidos registros de planos análogos aos suspensos por garantia de atendimento, nos termos do § 3º o art. 12-A da RN 259/2011.
• Caso não haja o envio à ANS da documentação para o registro do produto no prazo de 30 dias a contar da data da incorporação do arquivo eletrônico, a solicitação eletrônica será cancelada.

Compartilhe:

 
Fim do contéudo da página
Início do rodapé
ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
ANS no Likedin
RSS
ANS no Instagram
Acesso à Informação
Marca do Governo Federal
Fim do rodapé

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar - Av. Augusto Severo, 84 - Glória Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040

Ir para o topo da página