topo
Início da Busca
Campo de busca
Fim da Busca
Início do contéudo da página

A diretoria da ANS é colegiada, composta por cinco diretores com mandatos não coincidentes para exercício no período de três anos, com possibilidade de prorrogação por mais três anos. O diretor-presidente é escolhido entre os diretores pelo Presidente da República.

A Diretoria Colegiada deve reger a ANS de acordo com um contrato de gestão, assinado com o Ministério da Saúde.


Composição da Diretoria Colegiada da ANS

José Carlos de Souza Abrahão

José Carlos de Souza Abrahão

Diretor-Presidente da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS
Diretor de Gestão

Formado em Medicina pela Faculdade Souza Marques, José Carlos Abrahão é especializado em pediatria pela Sociedade Brasileira de Pediatria e pela Associação Médica do Brasil. Fez pós-graduação em Administração Hospitalar; MBA Executivo pelo Instituto COPPEAD de Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro.



Em sua carreira destacam-se as seguintes experiências:

  • Presidente da Confederação Nacional de Saúde – 2003/2014.
  • Presidente da Federação dos Hospitais e Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Estado do Rio de Janeiro – 2000/2014.
  • Presidente da Federação Internacional de Hospitais e Serviços de Saúde - 2007/2013.
  • Membro do Conselho Empresarial de Medicina e Saúde da Associação Comercial do Rio de Janeiro - desde 2011.
  • Professor e coordenador de Pediatria e Puericultura na Faculdade de Medicina Souza Marques e na Pós Graduação de Pediatria da PUC - RJ.

Martha Regina de Oliveira

Marta Regina de Oliveira

Diretora de Desenvolvimento Setorial

Médica com especialização em pediatria, graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, e com mestrado em saúde coletiva pela mesma instituição, Martha Oliveira é doutoranda na área de envelhecimento humano na Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Ingressou na ANS como médica consultora em 2004 e em 2005, após prestar concurso público para o cargo de Especialista em Regulação de Saúde Suplementar, tornou-se servidora do quadro efetivo da Agência Nacional de Saúde Suplementar.

Em sua trajetória profissional ocupou os cargos de:

  • Gerente-Geral de Regulação Assistencial (2007 – 2013) na ANS.
  • Chefe de Gabinete e Assessora da Presidência da ANS (2005).
  • Médica no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (2003 – 2004).
  • Médica consultora no Hospital Pró-Cardíaco (2003).
  • Médica Plantonista na UTI Neonatal da Maternidade-Escola da UFRJ (2001 – 2002).

Simone Sanches Freire

Simone Sanches Freire

Diretora de Fiscalização

Funcionária da ANS desde 2002 e servidora de carreira desde 2005, Simone Freire é graduada em Ciências Jurídicas pela Universidade São Francisco (São Paulo) e possui especialização em Direito Público pela mesma instituição (2000). Em 2004, fez pós-graduação em Direito Administrativo, Tributário e Constitucional, pela Universidade Estácio de Sá (Rio de Janeiro). Em 2008, concluiu especialização em Regulação de Saúde Suplementar, pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com o Hospital Sírio Libanês e a ANS.

Em sua carreira, exerceu cargos de:

  • Diretora Adjunta da Diretoria de Gestão da ANS – 2013/2014.
  • Gerente da Gerência de Apoio à Diretoria Colegiada (GEADC) na ANS – 2013.
  • Coordenadora da Coordenadoria de Inquéritos da ANS – 2012/2013.
  • Fiscal do Núcleo Regional de Atendimento e Fiscalização de São Paulo – 2007/2009, entre outras atividades.
  • Coordenadora na Corregedoria da ANS (dez 2005 a nov 2007) e Corregedora Substituta (dez 2006 a jun 2007).

Leandro Fonseca da Silva

Leandro Fonseca da Silva

Diretor de Normas e Habilitação das Operadoras

Economista graduado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com especialização em Finanças Corporativas pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) e mestrado em Regulação pela London School of Economics and Political Science (LSE), do Reino Unido, Leandro Fonseca da Silva ingressou no serviço público em 2004, na carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Em março de 2010 foi cedido para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), onde atua desde então, tendo exercido atividades em três diferentes áreas: Diretoria de Fiscalização (Difis), Diretoria de Desenvolvimento Setorial (Dides) e Diretoria de Normas e Habilitação das Operadoras (Diope).

Em sua trajetória profissional exerceu os cargos de:

  • Gerente-geral de Acompanhamento das Operadoras e Mercado da ANS (2014-2016).
  • Gerente-geral de Integração Setorial, respondendo também pela Diretoria Adjunta de Desenvolvimento Setorial da ANS (2013-2014).
  • Diretor-adjunto de Normas e Habilitação das Operadoras da ANS (2010-2013).
  • Diretor-adjunto de Fiscalização da ANS (2010).
  • Coordenador-Geral de Economia da Saúde do Ministério da Fazenda (2007-2008 e 2009-2010).
  • Assessor Técnico da Coordenação-Geral de Economia da Saúde do Ministério da Fazenda (2006-2007).

Karla Santa Cruz Coelho

Karla Santa Cruz Coelho

Diretora de Normas e Habilitação dos Produtos

Karla é professora-adjunta de Saúde Coletiva na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e ingressou na ANS em 2001. O cargo mais recente que ocupou na Agência é o de Gerente de Assistência à Saúde, na Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos (DIPRO). Graduada pela Universidade Federal Fluminense e doutora pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, sua vivência acadêmica na área de medicina e profissional teve ênfase em atividades de saúde suplementar, coletiva e interdisciplinar.



Em sua carreira, exerceu cargos de:

  • Médica Epidemiologista do Município do Rio de Janeiro no Centro de Saúde Heitor Beltrão – 2000 a 2001.
  • Professora de saúde coletiva do curso de medicina na Universidade Federal do Rio de Janeiro / Campus Macaé – 2009 a 2010.
  • Gerente na área de Atenção à Saúde na Diretoria de Normas e Habilitação dos Produtos – 2010 a 2015.
  • Membro da Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco), do Health Technology Assesment – Health Technology Assesment International (HTAi) e do Guidelines International Network (G-I-N).

Processo para Nomeação

1

O Ministro da Saúde encaminha o nome indicado à Casa Civil;

2

A Casa Civil submete o candidato à avaliação do Presidente da República;

3

Caso esteja de acordo, o Presidente da República encaminha mensagem de indicação ao Senado Federal;

4

No Senado, a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) sabatina o candidato e vota, decidindo por sua aprovação ou não;

5

Se aprovar, a CAS encaminha o nome do candidato para votação no plenário do Senado;

6

Se aprovado, o Senado encaminha o nome ao Presidente da República;

7

O Presidente da República publica a nomeação;

8

O diretor nomeado toma posse e assume uma das diretorias da ANS.


Saiba Mais

Acesse a legislação e a regulamentação relacionadas

  • Lei 9.961 de 28 de janeiro de 2000 - criou a ANS e definiu suas finalidade, estrutura, atribuições, receita e a vinculação ao Ministério da Saúde;
  • Decreto nº 3.327, de 5 de janeiro de 2000 - aprovou o Regulamento da Agência Nacional de Saúde Suplementar - ANS, e deu outras providências;

Veja também


Compartilhe:

Fim do contéudo da página
Início do rodapé
ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
RSS
Acesso à Informação
Governo Federal
Fim do rodapé

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar

Inicio do Endereço Sede
Avenida Augusto Severo, 84 - Glória - Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040
Fim do Endereço Sede
Ir para o topo da página