topo
Início da Busca
Campo de busca
Fim da Busca
Início do contéudo da página

No segundo encontro, instituições discutiram ações para redução das cesarianas desnecessárias

A Comissão de Parto Normal, formada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), realizou, dia 24 de julho, em Brasília, mais uma reunião para discutir estratégias de incentivo à redução do número de cesáreas desnecessárias.

Segundo a gerente-geral Técnico-Assistencial de Produtos, Martha Oliveira, as instituições decidiram que o CFM será o responsável por ações com a classe médica, enquanto a ANS trabalhará diretamente com as beneficiárias e com as operadoras. Entre as ações do CFM, está a parceria com a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo). ¿uma das propostas seria reunir obstetras de todo o Brasil em um fórum para discutir o tema parto normal¿, conta Martha.

Ela adianta ainda, que nas próximas reuniões a comissão pretende discutir temas como a formação médica, o pré-natal e a questão do partograma, um acompanhamento do trabalho de parto.

A Comissão de Parto Normal foi formada para colaborar com a diminuição do índice de partos cesáreos entre as beneficiárias de planos de saúde (80%). O percentual foi considerado preocupante por ser superior aos 15% recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

 


Compartilhe:

 
Fim do contéudo da página
Início do rodapé
ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
ANS no Likedin
RSS
Acesso à Informação
Marca do Governo Federal
Fim do rodapé

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar - Av. Augusto Severo, 84 - Glória Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040

Ir para o topo da página