A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) lançou, nesta quarta-feira (02/12), uma nova ferramenta que permite a pesquisa sobre procedimentos realizados por beneficiários de planos de saúde. Chamado de D-TISS, o sistema possibilita acesso a dados sobre a quantidade de procedimentos realizados por médicos, laboratórios, clínicas e hospitais conveniados a operadoras de planos de saúde e a visualização dos gastos com despesas assistenciais em todo o país e por estado, por sexo do beneficiário e por porte da operadora. Há, ainda, a possibilidade de obter dados na forma de mapas. Tudo por meio de um mecanismo amigável de busca por palavra-chave. 

A base de dados do aplicativo D-TISS conta também com indicadores internacionais de países que integram a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), formada por mais de 30 nações. 

“Essa é a primeira vez que planos de saúde, prestadores de serviços e consumidores têm acesso aos dados epidemiológicos e financeiros de forma detalhada em uma única área. O D-TISS é uma importante ferramenta de acesso à informação e mais um incentivo da ANS em prol da transparência de dados do setor, beneficiando a pesquisa sobre os procedimentos realizados na saúde suplementar”, afirma a diretora de Desenvolvimento Setorial da Agência, Martha Oliveira. “Com ela, é possível não só conhecer melhor o mercado de planos de saúde como também ter uma visão panorâmica do setor, permitindo comparação de dados com distribuição geográfica, algo estratégico para a saúde suplementar”, conclui.

Em relação à visão financeira, o D-TISS permite o acesso aos valores da despesa mínima, média e máxima dos procedimentos, com a possibilidade de geração de um box-plot -  gráfico produzido a partir dos dados disponíveis no sistema informação. Os filtros por estado, faixa etária, sexo, porte da operadora e competência também poderão ser utilizados.

Em fase de testes, o D-TISS está sendo disponibilizado em versão beta com um conjunto de informações relativas a operadoras selecionadas, a partir da qualidade e consistência dos dados assistenciais e financeiros, e 57 procedimentos de cobertura obrigatória pelo rol da ANS. Gradativamente, serão incluídos no sistema os dados de mais operadoras e novos procedimentos. O D-TISS já pode ser acessado a partir de duas áreas do Portal da ANS: Espaço da Qualidade e Dados do Setor.

Para a ANS, a apresentação de informações de indicadores nacionais e internacionais relacionados aos procedimentos busca integrar os dados de utilização dos serviços de saúde com uma base técnico-cientifica que apoie a tomada de decisão de todos os agentes, propiciando uma visão ampla do setor e compartilhamento de conhecimentos sobre a área.

PADRÃO TISS - A Troca de Informações de Saúde Suplementar (TISS) é o padrão obrigatório para as trocas eletrônicas de dados de atenção à saúde dos beneficiários de planos entre prestadores, operadoras e a ANS. Com a TISS, é possível padronizar as ações administrativas, subsidiar as ações de avaliação e acompanhamento econômico, financeiro e assistencial das operadoras de planos privados de assistência à saúde e compor o Registro Eletrônico de Saúde. 

O D-TISS é um desdobramento do Padrão TISS, com informações apresentadas em um formato de fácil acesso e manipulação, disponível para o público em geral. 

MAIS TRANSPARÊNCIA – O lançamento do novo aplicativo da ANS faz parte de uma série de medidas em prol da transparência das informações da saúde suplementar. Em novembro, a Agência publicou a Resolução Normativa nº 389, que obriga as operadoras a criarem áreas em seus portais para divulgação de informações para os contratantes de planos de saúde. 

Para cumprir essa normativa, a partir de 2016, as operadoras de planos de saúde deverão criar, em seus portais na internet, uma área exclusiva com informações individualizadas do beneficiário de plano de saúde e uma área destinada às empresas contratantes de planos coletivos. As informações destinadas aos consumidores contemplam os dados cadastrais do usuário e o histórico completo de utilização do plano, com o registro das consultas, exames e internações realizados. Isso ficará agrupado no Portal de Informações do Beneficiário da Saúde Suplementar (PIN-SS), área com acesso restrito, que só poderá ser visualizada com o uso de login e senha. Já as empresas passarão a ter acesso a informações antecipadas sobre o cálculo do reajuste a ser aplicado pelas operadoras nos contratos coletivos empresariais e por adesão. 

Saiba mais

Acesse o D-TISS.

Confira a lista de procedimentos disponíveis no D-TISS.

Saiba mais sobre as áreas restritas que deverão ser criadas para beneficiários e pessoas jurídicas estabelecidas pela RN 389.

ok algumas vantagens do uso do D TISS

 

 


Compartilhe:

Siga-nos nas redes sociais

ANS no Twitter
ANS no YouTube
ANS no Facebook
RSS

 

Acesso à Informação
Brasil. Pátria Educadora

ANS - Agência Nacional de Saúde Suplementar - Av. Augusto Severo, 84 - Glória Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20021-040